16/7 Fãs de Lady Gaga farão ato contra leis anti-gays da Rússia, em Brasília

postado em: Notícias | 0
16/7 Fãs de Lady Gaga farão ato contra leis anti-gays da Rússia, em Brasília

Nesta quarta, presidentes da Rússia e dos demais países que compõem o Brics e a Unasul se reunião com Dilma Rousseff no Palácio do Itamaraty 


Conhecido por atuar como movimento social na defesa dos direitos e interesses dos homossexuais e minorias, o fã clube nacional Haus Of Little Monsters Brazil (HLMB), da cantora Lady Gaga, irá realizar um ato contra as leis anti-gays da Rússia, nesta quarta (16/7), às 10h30, em frente ao Palácio do Itamaraty. Com banners e cartazes que repudiam o comportamento homofóbico do governo russo, o grupo irá apoiar solidariamente os homossexuais da Rússia e reforçar os discursos de desaprovação de Lady Gaga, que lançou no ano passado uma campanha de boicote aos Jogos Olímpicos de Sochi.  

Segundo a polêmica legislação russa, manifestações e propagandas homossexuais no país passam a ser encaradas como crime, sob a alegação de que a informação sobre a homossexualidade pode influenciar a orientação sexual de menores de idade. Com isso, músicas, programas de tv, entre outros, podem ser entendidos como propaganda homossexual. 

De acordo com Clarice Gulyas, representante do HLMB, o grupo irá cantar o “hino gay” Born This Way, de Lady Gaga, e apoiar os homossexuais russos (que lançaram a campanha mundial Principle 6 (P6) durante os Jogos Olímpicos). Em fevereiro desse ano, o grupo HLMB promoveu o 1º Flash Mob Contra o Bullying e a Homofobia, reunindo cerca de 80 jovens no Museu Nacional de Brasília.

“Um país que não governa para as minorias e incentiva a homofobia não pode sair do Brasil sem ver ou saber de um ato como esse. Já que os russos não podem manifestar e sequer carregar uma bandeira LGBT na rua, nós estamos aqui para fazer isso por eles. Não se trata de exaltar a homossexualidade, nem defender o homossexualismo, mas que cada um tenha o direito a ser o que é, sem censuras”, diz.

No ano passado, a cantora norte-americana, Lady Gaga, discursou em favor dos homossexuais durante performance em Moscou, desafiando as autoridades russas. “Eu sou Lady Gaga, tenho 26 anos e sou de Manhattan, New York. Eu acredito que tanto homens quanto mulheres podem amar uns aos outros igualmente. Me detenha, Rússia. Podem me prender. Eu não me importo”, disse a cantora.

A norma estabelece ainda multas (em até 100 mil rublos, o equivalente a R$ 6 mil) e prisões aos estrangeiros, além de deportações. 

Serviço:
Ato pacífico contra legislação anti-gay da Rússia
Data: 16/07/2014
Hora: 10h30
Local: em frente ao Palácio do Itamaraty (Esplanada dos Ministérios -Brasília/DF)
Realização: Haus Of Little Monsters Brazil
OBS: Nossa manifestação é SIMBÓLICA e PACÍFICA. Sendo assim, não admitiremos algazarras, vandalismos e manifestações desrespeitosas. 


Haus Of Little Monsters Brazil
http://www.hauslmbrazil.blogspot.com.br/

Movimento P6
“Inspirada nos valores da Carta Olímpica, a campanha Princípio 6 é uma forma de atletas e torcedores do mundo todo demonstrarem seu apoio ao princípio olímpico que proíbe a discriminação, e exigirem o fim das leis homofóbicas russas antes dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014, em Sochi.”
Fonte oficial: http://www.principle6.org/

Fonte: ONG Human Rights Watch

Feed

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.