Lady Gaga segue “sambando” com Applause

postado em: Notícias | 0
Lady Gaga segue “sambando” com Applause

Fãs de Madonna ainda levantam supostas “imitações” como único argumento para não aceitar sucesso estrondoso da nova rainha do pop

Por Clarice Gulyas

No último mês, as polêmicas envolvendo Lady Gaga se tornaram ainda mais recorrentes. É que a Mother Monster lançou recentemente o áudio Applause, carro chefe de Artpop. Também homenageou o público LGBT com um vídeo especial de drags famosas em uma espécie de concurso de beleza para lá de babadeiro. Sem ainda ter divulgado o vídeo oficial de Applause (em primeiro lugar em mais de 53 países nas primeiras horas de venda pelo itunes), os fãs de Madonna se desesperaram e arregaçaram as mangas para levantar comparações e críticas de supostas imitações de Lady Gaga, único argumento do grupo usado enquanto Madonna declina mundialmente.

Acontece que ambas as divas não devem ser comparadas. São gerações e talentos diferentes. Madonna com seus 30 anos de carreira se consagrou até então rainha do pop, enquanto Lady Gaga precisou de apenas de 5 para isso. Mad também foi vanguardista em assuntos de atitude e ousadia feminina, mas vamos reconhecer: Madonna é POSER e não tem voz! Eis a principal diferença entre ela e Gaga, que chegou a receber ótimas críticas ao gravar músicas de jazz com Tony Bennet e que emociona constantemente o público com shows ao vivo. 

Lady Gaga também não só inova no modo de se vestir, cantar e se comportar, como se compromete com ações sociais de relevância, opina em temas políticos, ajuda na conscientização dos direitos das minorias e OUVE os pedidos de seu público, ao invés de reclamar dos presentes que recebe ou atrasar quase 4h em shows, como fez Madonna no Brasil. Símbolo do combate ao bullying e da luta pelos direitos homoafetivos, a dona do vestido de carne se mostra atualizada, sendo a artista que seus fãs desejam, com uma referência mais pessoal, o que gerou o termo Art Pop.

A verdade é que quando a Madonna “deixou de ser puta”, o reinado caiu e Gaga, sim, com marketing e todas as estratégias mais de Comunicação que todo e qualquer artista depende para se lançar, aproveitou a deixa, unindo estilo, atitude e talento de voz, coisa que Madonna não tem. Alguém já viu a Vovó do Pop cantando ao vivo? 


As gays mais velha,s que são relutantes em aceitar Gaga, por temer quebrar uma tradição comum no mundo do arco-íris, poderiam, ao menos, pesquisar quem é Stefani Joanne Angelina Germanotta antes de levantar bandeiras que incitam a violência, onde até os meios de comunicação tomam seus partidos. Mas nós, #littlemonsters, conhecidos mundialmente pela união e lealdade à nossa diva, não deixaremos quieto. E continuaremos, sim, SAMBANDO na cara da Madonna e de seus fãs ultrapassados!

Veja o porquê de tanto pavor

Homenagem aos fãs LGBTS

DEIXEM A RAINHA LADY GAGA EM PAZ!

Haters pregam preconceito aos baianos após vídeo pró Lady Gaga ser postado

Feed

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.