Manaus: Trabalhadores da Ambev comemoram aumento de 30%

postado em: Notícias | 0
Manaus: Trabalhadores da Ambev comemoram aumento de 30%

Após três dias de greve, companhia e trabalhadores chegam a consenso. A partir de agora, piso salarial de operadores sobe de R$ 930,00 para R$ 1.150,00, e de auxiliares de R$ 726,00 para R$ 950,00
Por Clarice Gulyas
O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Bebidas de Manaus (STIBAM) comemorou na última sexta (16/5) a conquista de melhores condições de trabalho e salário para cerca de mil trabalhadores da Ambev. Operadores e auxiliares de produção, entre outros funcionários, também terão direito ao programa de Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e ao abono dos dias parados. Nesta segunda (19/5), a Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins (CNTA Afins) pediu as federações (Estados) e aos sindicatos (municípios) profissionais da categoria que adequem as cláusulas conquistadas em Manaus nas pautas locais de reivindicação.

Em meio ao impasse da abertura de negociação em nível nacional com a Ambev, em estado de greve desde o dia 8 de maio, os trabalhadores paralisaram as atividades no dia 14 após falta de avanço nas negociações com a empresa. Na madrugada dessa sexta, os trabalhadores voltaram à atividade ao conquistar a aprovação de elenco com 17 cláusulas que incluem:

– Reajuste salarial de 11,5% para toda a categoria, piso salarial de R$ 950,00 para auxiliares de produção e de R$ 1.150,00 para operadores, recebimento de R$ 10,00 mensais de Gratificação por Tempo de Serviço (a partir do quinto ano na empresa), a redução do desconto alimentação de R$ 10,00 para R$ 3,50; adicional noturno equivalente a 30% em relação à hora normal, e a redução do desconto do vale-transporte de 6% para 4,5%. Além disso, outras reivindicações importantes foram atendidas, como a inclusão de um novo sistema de banco de horas, o perdão das horas negativas, estabilidade de 30 dias para os trabalhadores grevistas e abono dos dias parados.

Horizontal –  Artur Bueno de Camargo – Credito – Clarice Gulyas – CNTA Afins  (9)Para Artur Bueno de Camargo, presidente da CNTA Afins, a conquista local serve de incentivo para que trabalhadores de outras unidades possam reivindicar melhorias.

“Essa é uma conquista importante, principalmente, em relação ao reajuste de salário, já que a inflação foi 5,8 e conquistamos mais de 5% de aumento real. Sugerimos que cada sindicato e federação que representa trabalhadores da AmBev analisem os itens constantes nesta proposta aprovada pelos trabalhadores de Manaus e o que for mais benéfico para os trabalhadores, que solicitem da empresa a extensão”, recomenda.

A CNTA Afins também destaca que a mobilização e a resistência dos trabalhadores foram de grande importância para a conquista dos novos direitos e benefícios da categoria. O apoio de representantes sindicais de outras unidades, além da Nova Central Sindical dos Trabalhadores (NCST) também fez a diferença para o sucesso do movimento grevista, segundo a confederação.

“Queremos parabenizar todos os trabalhadores e trabalhadoras da ativa da AmBev e aos sindicalistas em geral que, de alguma forma, contribuíram nesta luta. Queremos agradecer e reconhecer, especialmente, os trabalhadores da AmBev de Manaus, pela luta e confiança em seus representantes e naqueles companheiros sindicalistas que estiveram presentes, ajudando e apoiando a causa dos trabalhadores. A CNTA Afins continuará junto aos sindicatos, federações e trabalhadores na busca de melhorias das condições de trabalho, salário e de qualidade de vida para os trabalhadores e suas famílias”, diz.

Confira aqui o acordo completo:
http://www.cntaafins.org.br/manaus-trabalhadores-da-ambev-comemoram-aumento-de-30


Assessoria de imprensa da CNTA Afins
(61) 3242 6171 / 8177 3832  Clarice Gulyas
imprensa@cntaafins.org.br
 http://www.cntaafins.org.br/

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Bebidas de Manaus
Presidente: Vicente Luciano Ferrão de Castro
(92) 3636-7251
stibam@hotmail.com

Feed

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.