O Gama brilha no filme “Artes e Artistas do Meu Bem Querer”

postado em: Notícias | 0
 Dez artistas gamenses contam suas histórias na Pré-estréia do curta documentário que será exibido nesta quinta (14/02), às 20h, no Espaço Cultural Lábios da Lua
O experiente cineasta Tistá Filintro exibirá nesta quinta (14/02), às 20h, no Espaço Cultural Lábios da Lua (Quadra 4 lote 16, Setor Sul do Gama -3384-7802), a pré-estreia de seu mais novo trabalho, o curta documentário “Arte e Artistas do Meu Bem Querer”, que tem a a finalidade de mostrar um pouco a cultura do Gama – DF.  “Por isso conseguimos reunir dez artistas bem ativos da cidade e mostrar quem são eles”, explica Filintro. O projeto recebeu apoio financeiro do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC/DF).   
“Arte e Artistas do Meu Bem Querer vem justificar o quanto são queridos, e desde que o público sinta a empatia pelo artista ele passa a ser do seu bem querer em todos os seguimentos da arte. Foram selecionados  artistas de raiz, moradores do Gama, que contribuíram e contribuem ainda com a arte da cidade. Os músicos, além de serem de raiz teriam que ser também compositores”, explica Tistá Filintro, que também é roteirista e produtor. 
Personagens
São dez artistas representativos da arte do Gama entre artistas plásticos, atores e/ou atrizes bonequeiras e dramaturgos.
ARTISTAS PLÁSTICOS
1-CALMIR ALBUQUERQUE: 53 anos, começou a criar pintura em tela nos anos 90, passou a ser conhecido como artista nos anos de 95 para 96.  Faz um trabalho interessantíssimo de pintura surrealista com técnica de óleo sobre tela, acrílico sobre tela, e desenvolveu uma outra técnica de pintura sobre telha explorando as ondulações. Premiado com menção honrosa na exposição de arte de Taguatinga.
2-MARIO SALLUZ – Trabalhando com o conceito universal dos três erres (reduzir, utilizar e reciclar) Mário Sallúz desenvolveu outro conceito: a criação da Eco tela. É uma tela que imita um tronco de árvore. Um material onde tem um destino certo: O lixão. Coleta o mdf, compensado e papelão, moldando com massa acrílica e tinta completando assim a sua obra.
3- DALMÁCIO LONGUINHO –   Mergulhado em mais de 30 anos de pintura, o artista brasiliense Dalmácio Longuinho apresenta Brasília como um pedestre roqueiro que circula de ônibus entre o Entorno e o Plano Piloto. Seu trabalho mais conhecido é “o beco do mijo”, um quadro pintado nos anos 1980, e retrata uma passarela do Plano Piloto. Com requinte no traço e texturas que adensam o olhar, Dalmácio desvela uma Brasília sitiada por seus próprios nós de concretude, solidão, becos, sujicidades, que questionam a imagem da cidade monumental. A referência constante do rock’n’roll amplia a engrenagem da reflexão de sua arte. 
ATORES OU ATRIZES BONEQUEIROS (AS);
4-MARCO AUGUSTO REZENDE – Diretor bonequeiro do: CIA VOAR TEATRO DE BONECOS foi fundada no ano de 2003 fazendo crianças, adultos e idosos felizes. Residente na cidade do Gama-DF desde 2003 percorreu o pais e várias vezes no exterior com sua trupe encantando e difundindo o teatro de boneco.No Gama é um dos principais responsáveis pela disseminação do seguimento mantendo viva na memória do público a importância de cultuar essa arte.
5- DOMINGOS RODRIGO – Ator, bonequeiro, gestor cultural e professor de história da arte licenciado em Artes Cênicas pela UNB e com pós graduação em Gestão Cultural pelo faculdade SENAC. Assinando com o nome artístico, Dom Rodrigo Valente, ele Iniciou a carreira em 1994 onde trabalhou em vários grupos da cidade do Gama. No ano 2002 fundou a Cia. Teatral Cidade dos Bonecos atuante até os dias de hoje. Também é gestor da Associação Cultural SONART onde é responsável pela elaboração e coordenação de projetos culturais nas linguagens da Música, Artes Cênicas e fotografia. Principais projetos que esteve à frente foram, Festival Encontro Sonoro, Projeto Edição de Música e Mostra Itinerante Cidade dos Bonecos.
6- LEDA CARNEIRO – Atriz e Bonequeira começou sua formação em 1985 na escola Polo de Artes Cênicas, no antigo CED 02 no Gama e ao longo desde período fez 27 cursos/oficinas na área de teatro, maquiagem, teatro de bonecos e contação de histórias. Participou de 13 espetáculos.Participou de Festivais, mostras e encontros de teatro em Brasília, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná e Goiás. Atualmente. é gestora do Espaço Cultural Bagagem e membro do Grupo Bagagem Cia de Bonecos

CANTORES
7- JAIRO MENDONÇA – Professor, residente no Gama/DF desde 1990 Cantor, compositor vem encantando o público com suas composições construtiva, ora romântica, ora encantando e difundindo o teatro de boneco. No Gama é um dos principais responsáveis pela disseminação do seguimento mantendo viva na memória do público a importância de cultuar essa arte. 
8-EDU MAZURCA – Músico e compositor nascido no Gama em 1980. Há 20 anos em atividade, fundou as bandas Metrópole Zero e Cromonato, além de possuir um projeto de registro chamado Laranja Label. Com esses trabalhos já participou de inúmeros festivais entre eles: Porão do Rock (DF), O Forcaos (CE), Festival Universitário (PR) E Rolla Pedra (DF).
9 – GILMAR BATISTA – Professsor de literatura portuguesa, músico e produtor cultural.  Está com 53 anos e é morador do Gama deste 1979. Gerente da Cia Lábios da Lua. Atua à frente da banda ARD no Gama desde 1984. Tem lançado no mercado musical: 2 discos split(metade cada banda), 2 discos individuais, 1 compacto e 1 disco em homenagem à sua banda. Fez 36 shows em duas turnês na Europa em 2017, e em 2018 esteve em turnê na Suécia, Dinamarca, Finlândia, Estônia, Mongólia e Rússia. Participou de 12 CDS coletâneas e trilha sonora de um documentário sobre o grafite  rodado em 15 países.

TEATRO
10- FERNANDO FERNANDES
Fernando Fernandes com 34 anos de carreira, mais de 40 espetáculos, dramaturgo, ator, diretor, escritor ele produziu grandes nomes do teatro nacional, publicou um livro, participou de dois filmes no cinema e recebeu diversos prêmios em festivais nacionais.É hoje considerado o dia mais influentes nomes do Teatro no DF, foi também produtor de espetáculos de nomes consagrados como Elizabeth Savalla, Ítalo Rossi e Fernanda Montenegro. Com 6 prêmios nacionais na carreira. Os mais recentes trabalhos de Fernando no teatro foram “O Palhaço”, de Selton Mello; “A viagem de Chicó em noite de São João”, de Ariano Suassuna; “O Milagre do Santo Novo”, de Graça Veloso; “O Menino Maluquinho”, de Ziraldo; e “Tropicália”, onde atua e assina a direção.
O cineasta Tistá Filintro
Cineasta, produtor, compositor, ator, artista plástico, e roteirista, e diretor da Stellar Filmes Ltda fundada em 27/02/1998 no Gama/DF, com a sua amada Dilza Rosa, esposa, diretora da empresa também, atriz, professora, cantora, compositora, maquiadora, figurinista e Assistente de Direção. A Stellar Produções Cinematográficas e Eventos Ltda, possui hoje em seu currículo, dirigido por Tistá Filintro, 17 curtas-metragens que estão hoje no seu (canal) Cenas do Bem no YouTube, 2 longas-metragens (Uma Luz Em Meu Caminho e Quando a Obsessão Vira Loucura), 1 média metragem de 26 minutos o (Extinção), e ainda o média metragem de 15 minutos “No Tempo da Vovó” com previsão de ser lançado no canal até junho desse ano. No momento está recebendo as inscrições para o longa-metragem de 2019 (O homem que Morreu Duas Vezes), filme esse que tem como pano de fundo o suicídio e a depressão. 
FICHA TÉCNICA DO FILME: Arte e Artistas do Meu Bem Querer.
Título:
Arte e Artistas do Meu Bem Querer
Formato
Digital Fullhd
Categoria
Curta metragem
Duração
15 (quinze) minutos
Locações
Gama DF
Classificação indicativa:
Livre.
Gênero: 
Documentário
Direção:
Tistá Filintro
SINOPSE
Um grupo de dez artistas que fazem parte do movimento cultural ativo e de raiz da cidade do Gama-DF. Foram escolhidos, entrevistados para contar quem são e mostrar as suas obras no documentário.
PRÉ ESTRÉIA
DIA: 14/02/2019
HORÁRIO: 20h
LOCAL: Cia Lábios da Lua 
ENDEREÇO: Espaço Cultural Lábios da Lua (Quadra 4 lote 16, Setor Sul do Gama -3384-7802)  
Feed

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.