Trabalhadores da Alimentação ampliam representação na região Norte

postado em: Notícias | 0
Trabalhadores da Alimentação ampliam representação na região Norte

Sindicatos dos Estados do Acre, Amazonas e Rondônia fundam federação interestadual para melhorar condições salariais e de trabalho

Por Clarice Gulyas

A Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins (CNTA Afins) participa nesta sexta (27/3) da Assembleia de Fundação da Federação Interestadual dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Bebidas dos Estados do Acre, Amazonas e Rondônia. O evento, promovido a partir da iniciativa de cinco sindicatos da região, será às 8h30, no Hotel Shelton, em Porto Velho (RO).
Com a expansão de indústrias ligadas, principalmente, aos setores de frigorífico e de bebidas, os trabalhadores nas indústrias de Alimentação da região Norte do País decidiram se reorganizar e intensificar a representação nos três Estados que, juntos, somam aproximadamente 30 mil trabalhadores na categoria da Alimentação. Desse total, são cerca de 11,6 mil trabalhadores no setor frigorífico e 5,1 mil trabalhadores no setor de bebidas. O Brasil corresponde atualmente a 1,6 milhão de trabalhadores na categoria da Alimentação, sendo 440 mil distribuídos em frigoríficos e 140 mil em indústrias de bebidas.

Para o presidente da CNTA Afins, Artur Bueno de Camargo, a criação da federação interestadual é importante tanto para a atual conjuntura política e econômica do País, quanto para o avanço nas conquistas de direitos dos trabalhadores da categoria. Em sua maioria, esses trabalhadores são funcionários de indústrias de grande porte, como as de bebidas Coca-Cola e Ambev, e dos frigoríficos JBS, Minerva e Marfrig. O trabalho informal e clandestino a partir de imigrações também preocupa a entidade nacional.
“É evidente que nenhum desses Estados comportaria nesse momento uma federação exclusiva, já que o número de sindicatos ainda é pequeno. Então, a iniciativa desses sindicatos é extremamente positiva para coordenar o movimento sindical, refletindo, especialmente, nas negociações coletivas de trabalho.”, comenta Bueno, que também destaca a preocupação da CNTA Afins em combater os acidentes de trabalho e doenças ocupacionais na região.
“Outros pontos importantes que destacamos a partir da criação dessa representação sindical de segundo grau, é a questão do combate aos acidentes de trabalho e doenças ocupacionais, principalmente em frigoríficos e indústrias de bebidas. E o papel da federação será muito importante para fazer essa discussão com os sindicatos e tomar medidas cabíveis em defesa dos trabalhadores, como, por exemplo, o cumprimento da Norma Regulamentadora n° 36 do Ministério do Trabalho e Emprego (que trata de novas regras de saúde e segurança em frigoríficos, em vigor desde abril de 2013)”, defende o presidente da CNTA Afins.
O encontro será pautado pela discussão e aprovação da fundação da federação, a aprovação do estatuto da entidade, a aprovação da filiação dos sindicatos na referida federação, a eleição e posse da diretoria, conselho fiscal e suplentes; e debate de outros assuntos pertinentes a fundação da entidade.  A criação da nova entidade é iniciativa de uma comissão composta por representantes de cinco sindicatos de trabalhadores: Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação do Estado de Rondônia (SINTRA-INTRA-RO); Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Carne, Leite e Cereais de Rolim de Moura (SINTRA-ALI-RO); Sindicato dos Trabalhadores Industriários do Estado do Acre (SINTIACRE); Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Bebidas em Geral de Manaus (SINTRABEM) e Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação, Gelo, Moagem de Café, Trigo, Rações, Sal, Frigoríficos, Vinagre, Laticínios, Castanha, Iogurte, Xaropes e Produtos Alimentícios no Estado do Amazonas (SINTAM).


Dados:
Número de trabalhadores e remuneração média


Trabalhadores no Abate e Fabricação de Carne

Amazonas: 413 trabalhadores – R$ 1.231,03
Rondônia: 10.023 trabalhadores – R$ 1.279,41
Acre: 1.185 trabalhadores – R$ 1.150,85
No Brasil: 440.150 trabalhadores e remuneração média de R$ 1.379,69 (até 2013)

Trabalhadores na Indústria de Bebidas
Amazonas: 3.402 trabalhadores – R$ 2.196,09
Rondônia: 1.218 trabalhadores – R$ 1.480,07
Acre: 577 trabalhadores – R$ 1.311,82
No Brasil: 139.074 trabalhadores e remuneração média de R$ 2.144,73 (até 2013)

Número de trabalhadores nas indústrias de Alimentação e remuneração média por região:
Amazonas: 9.451 trabalhadores – R$ 1.570,16
Rondônia: 16.585 – R$ 1.171,30
Acre: 2.767 – R$ 1.052,96
No Brasil: 1.616.365 trabalhadores e remuneração média de R$ 1.588,44 (até 2012)

Fonte: Subseção do Dieese na CNTA Afins


Serviço:
Data: 27 de março de 2015
Hora: 8h30
Local: Hotel Shelton – Av. Pinheiro Machado, 1828 – Bairro São Cristovão – Porto Velho (RO)

Mais informações: http://www.cntaafins.org.br

Assessoria de imprensa da CNTA AfinsClarice Gulyas (61) 3241 6171 / 8177 3832 whatsapp
imprensa@cntaafins.org.br

Feed

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.